Clique p/ Abrir - Fechar
 
 
 
 
Clique p/ Abrir - Fechar
Documento sem título
Documento sem título
Terça-feira, 21 de Novembro de 2017 - 07:51

 

Água - Um nutriente mais do que vital


Um dos elementos de vital importância ao funcionamento do organismo, onde desempenha diversos papéis dentro do metabolismo, tais como o transporte e dissolução das substâncias alimentares, regulagem do equilíbrio térmico orgânico, além de ser utilizada nas trocas osmóticas que ocorrem entre as diferentes células do organismo. O conteúdo hídrico orgânico está situado em torno de 60% do peso corporal, sendo a água constituinte de aproximadamente 83% do volume sangüíneo, 75% da massa muscular, 22% da massa óssea e 10% do tecido adiposo.
O conteúdo de água no organismo é decorrente do balanço hídrico corporal, que reflete o estado de hidratação do organismo, onde uma diminuição de 20% deste conteúdo pode acarretar a morte. Sendo esta variável obtida mediante a diferença entre a quantidade de água ingerida e excretada. Dentro da dieta as principais fontes de obtenção de água são os líquidos, que representam aproximadamente 70% das quantidades ingeridas e, os alimentos que contribuem com os 30% restantes. Existe ainda a obtenção de pequenas quantidades de água pelo organismo decorrente das reações metabólicas para obtenção de energia, principalmente através da quebra do glicogênio, que é armazenado em combinação com moléculas de água dentro do organismo. As perdas de água pelo organismo ocorrem mediante a transpiração, à respiração e através das excreções de urina e fezes.
Um ser humano adulto necessita de cerca de 3 litros de água em estado basal, sendo que esta necessidade aumentara de acordo com diversos fatores como a atividade física, temperatura, umidade do ambiente, idade, sexo e massa corporal do indivíduo. (Gastelu&Hatfield,1997).

Suplementos

Os alimentos são formados por nutrientes, que são os carboidratos (ou glicídios), proteínas e gorduras (lipídios), estes fornecem as calorias dos alimentos e as vitaminas e minerais, que desempenham importantes funções no funcionamento do nosso organismo, participando nas funções metabólicas dos macronutrientes (proteínas, carboidratos e gorduras).
Os suplementos alimentares também são formados por nutrientes, por isso são classificados pelo Ministério da Saúde como alimentos para praticantes de atividade física e têm como objetivo melhorar a disponibilidade de nutrientes em virtude das necessidades calóricas, no decorrer das atividades físicas e do dia a dia. Os produtos foram classificados da seguinte forma:
Repositores Hidroeletrolíticos: tem como objetivo hidratar, devido às concentrações variadas de sais e carboidratos;
Repositores energéticos: são compostos por carboidratos (maltodextrina, frutose) e têm como objetivo melhorar o aporte de energia, mantendo dessa forma as reservas corporais de carboidrato e retardando a fadiga;
Alimentos protéicos: são compostos por proteínas e devem conter no mínimo 50% de proteínas na composição, sendo 65% destas de alto valor biológico (clara de ovo desidratada, Whey Protein, Leite em pó, caseinato de cálcio são alguns exemplos). As proteínas são responsáveis pela construção de tecidos no organismo, como tecido epitelial, músculos, unhas, cabelos, ossos, portanto as proteínas são de extrema importância. Nesta categoria incluem-se as proteínas hidrolizadas, ou seja, as proteínas que já estão na forma de aminoácidos.
Aminoácidos de cadeia ramificada: são produtos formulados com concentrações variadas dos três aminoácidos (leucina, isoleucina e valina) e são fonte de energia para o músculo, pois são absorvidos diretamente pelos mesmos e atuam no processo de definição e recuperação muscular. A Glutamina, L-Carnitina, HMB e o próprio BCAA são conhecidos como recursos energéticos e, tem como objetivo melhorar a desempenho dos praticantes de atividades físicas e são indicados como substitutos naturais dos "anabolizantes", que são substancias proibidas e causam efeitos colaterais gravíssimos, podendo até mesmo levar á morte.
O objetivo dos suplementos alimentares é melhorar a desempenho do atleta ou praticante de atividade física de forma natural, sem causar danos à saúde. Para pessoas que não são praticantes de atividade física, os suplementos também são importantes, pessoas que trabalham em tempo integral, trocas de turnos, e demais dificuldades, que não têm uma alimentação regular e eficiente, precisam de uma suplementação alimentar, como a Maltodextrina, que é uma fonte de carboidratos que gera energia para o dia a dia e diminui a fadiga muscular, o Whey Protein, suplemento rico em proteínas para construção de tecidos musculares, manutenção muscular, força e resistência, BCAA’s, que são aminoácidos ramificados essenciais ao organismo, entre outros.
Você Sabia? Que os aminoácidos essenciais são aqueles que não são produzidos pelo nosso organismo e precisam ser adquiridos pela alimentação ou suplementação. Eles são importantes no processo de formação das proteínas musculares e as principais fontes de aminoácidos essenciais são os alimentos de origem animal (ovos, leite, carnes, peixes e aves), sendo conhecidas como proteínas completas de Alto Valor Biológico.

Fabiano Cardilli Lucínio - Biólogo

Ads
Escolha sua rádio preferida
Rock
Country Blues Reggae

Super Antigos Games
Documento sem título | |
Documento sem título